SPADER EMPREENDIMENTOS LTDA.

Estética atemporal: a forte tendência do décor industrial nos interiores.

Imagine uma ampla fábrica abandonada, com tijolos e tubulações a mostra, pilares de metal e algumas lâmpadas penduradas. E foi assim, transformando indústrias desativadas em moradias, que a partir de 1950, esse estilo de decoração ganhou vida. 

Gostou da ideia? Fique até o final do texto e conheça os elementos chave para alcançar o décor industrial. 

Foto: Freepik

Se a estrutura da casa ou apartamento ainda estiver em construção, tente preservar o máximo possível a alvenaria descoberta. Deixar em vista os pilares, os tijolos, as vigas, as tubulações e/ou a laje, já é meio caminho andado. Mas se o revestimento já estiver finalizado, não se preocupe. Ainda assim é possível decorar o cômodo e trazer elementos para deixá-lo com essa pegada despojada. 

Mas antes de pôr em prática essa tendência, é preciso ter em mente que o ambiente precisa ser bem amplo e iluminado. Esse artifício pode ser alcançado com grandes janelas de vidro, com esquadrias de metal ou madeira envelhecida. Já para as lâmpadas, aposte em abajures rudimentares e com a afiação a mostra. 

Fonte: Envatus

Chegou a hora dos móveis, estes que precisam estar em total harmonia com seu entorno! Busque por mobílias rústicas, que apresentem detalhes em metal ou ferro com aspecto de ferrugem. Couro, madeira e vidro também são muito bem-vindos. Se for ousar com algo mais moderno e contemporâneo, opte por cores sóbrias e acabamento fosco. 

Fonte: Envatus

E aí, conseguiu se inspirar com essas dicas? Na dúvida, procure unir a rusticidade de uma velha indústria com elementos atemporais que relembrem o passado. E, claro, conte com o suporte de um arquiteto (a).