20 de maio de 2019

Manutenção de lareiras: cuidados que você precisa ter


Lareiras geralmente são sinônimos de casa quentinha e aconchego. Porém o uso e manutenção das mesmas, deve ser feito periodicamente, afim de evitar acidentes e estragos. Pensando nisso, montamos um guia com diversas orientações de cuidados que você deve ter neste inverno, ao voltar a utilizar a lareira.

Cuidados antes do acendimento

-Verifique se a chaminé não está obstruída. No período de calor, alguns animais podem utilizar o espaço para fazer ninhos. Além disso, deixar a chaminé suja pode gerar fumaça tóxica;
-Tenha certeza de que a lareira foi instalada em um local seguro, distante de tubulações de gás, cortinas ou móveis;
-Em caso de lareiras a gás, a válvula (registro) deve estar na posição ‘aberto’ antes do fogo ser acendido. Quando a brasa começar a se formar, feche a válvula lentamente e deixar apenas uma fresta aberta;

Foto: Divulgação


Cuidados durante o acendimento

-Evite deixar objetos sobre a lareira. Em caso de incêndio, estes materiais poderão servir como combustível e tendem a alimentar as chamas;
-Não utilize madeira industrializada ou tratada quimicamente para acender ou alimentar o fogo. Além disso, é importante prestar a atenção ao estado da lenha, que deve ser preferencialmente seca;
-Alimente o fogo aos poucos. Nunca coloque lenha em excesso para formar grandes chamas. O objetivo é obter brasas e consequentemente gerar calor;
-Caso você tenha exagerado na lenha e as chamas estiverem altas, é indicado utilizar um extintor de incêndio do tipo pó químico para controlar o fogo;
-Nunca deixe que crianças alimente o fogo. Elas devem manter uma distância segura do local;
-Enquanto a lareira estiver acesa, lembre-se de utilizar uma tela metálica de proteção;
-Não utilize álcool ou combustíveis para queima em ambientes fechados;
-Nunca coloque objetos para serem queimados na lareira;

Foto: Nathan Fertig


Cuidados após o fogo ter apagado

-Nunca deixe o local antes de ter certeza que de o fogo realmente apagou;
-Mantenha entradas de ar em ambientes com fogo de lareira. O ar sempre precisa ser renovado nestes espaços, caso contrário o risco de morte por intoxicação com monóxido de carbono ou asfixia é altíssimo. 

Foto: Divulgação


CONTATO

Rua Jacob Ely, 498 | Sala 04 | Garibaldi, RS 54 3462.1108 (54) 9 9990 1108 contato@spader.eng.br